Rádio Viva Mais Notícias

  • 06/11/2019
  • 0 Comentário(s)

Rádio Viva Mais Notícias

“A profecia está sendo cumprida”, diz arqueóloga sobre a antiga cidade de Jerusalém

Uma série de descobertas arqueológicas chamaram atenção da arqueóloga Anarina Heymann, que atua como coordenadora de divulgação da “Cidade de Davi”, em Israel. Ela acredita que profecias bíblicas estão se cumprindo diante dos seus olhos.

Até então, arqueólogos e turistas em geral acreditavam que a Cidade Velha de Jerusalém atual seria o mesmo lugar onde o rei Davi estabeleceu sua capital, há mais de 3.000 anos. Todavia, a arqueóloga explicou que descobertas recentes revelaram que existe outra cidade abaixo do local que até então acreditava-se se tratar da antiga cidade.

“Todos pensaram que a antiga Jerusalém bíblica estava dentro dos limites da Cidade Velha, logo atrás de vocês, dentro destes muros”, disse a arqueóloga para uma equipe de reportagem da CBN News, que foi até o local onde trabalha a cientista, em Israel. “Então a questão é: O que aconteceu 150 Anos atrás e onde está a antiga Jerusalém bíblica?”, perguntou.

Anarina explicou para os jornalistas que escavações iniciadas por um arqueólogo britânico, décadas atrás, revelou a existência da verdadeira antiga Jerusalém. “Estamos em um lugar mágico agora”, continuou Heymann.

“Este é o lugar ao qual Charles Warren chegou através dos resquícios que ele encontrou. Ele viu alguma coisa. E quando Charles Warren viu isso, ele percebeu que estava redescobrindo a antiga Jerusalém bíblica”, disse ela.

“A maioria dos visitantes pensavam que o que eles viam na Cidade Velha, era a antiga Jerusalém bíblica. Mas só quando Warren fez suas descobertas, comprovou que a antiga Jerusalém está fora do que hoje chamamos de Cidade Velha”, completou.

Cumprimento de profecia

Anarina Heymann acredita que a revelação da antiga Jerusalém é um cumprimento profético. A arqueóloga explicou que a própria Bíblia é utilizada diversas vezes como uma espécie de guia arqueológico, a fim de orientar os cientistas. Ela sugere que a descoberta da antiga Jerusalém só foi possível graças a isso.

“Muitas vezes, quando fazemos escavações, também não sabemos o que estamos procurando e então temos de ir à Bíblia e é ela mesma quem começa a nos explicar. Então, a Bíblia vem primeiro e depois as escavações. Quando juntamos os dois fatores, isso nos dá a imagem completa sobre a antiga Jerusalém”, destacou.

“A maioria dos reis de Israel foram ungidos exatamente onde estamos de pé agora. Estamos de pé no lugar da unção. E Isaías diz que você irá tirar água com alegria das origens da salvação”, disse ela.

Finalmente, Anarina lembra da passagem que se encontra no livro de Isaías 62:10, a qual vislumbra a ocorrência de um período futuro, onde a “velha” Jerusalém será reerguida em sua glória, possivelmente como preparação para o estabelecimento do reinado definitivo de Jesus Cristo, segundo a tradição escatológica cristã.

Diz o trecho bíblico: “Passai, passai pelos portões! Preparai um caminho para o meu povo. Construí, construí a estrada, removei as pedras. Erguei uma bandeira para as nações!”.

“Algo incrível está acontecendo, porque você vê que agora estamos escavando esta estrada e a profecia novamente está sendo cumprida. Em Isaías diz ‘Passai, passai pelas portas; preparai o caminho ao povo; aplanai, aplanai a estrada, limpai-a das pedras; arvorai a bandeira aos povos”, lembrou a arqueóloga, segundo a CBN News.

“Você pode ver exatamente como ela (Jerusalém) desapareceu lentamente da civilização, justamente porque uma cidade foi construída sobre a outra, e você podia ver como provavelmente a cidade poderia ter perdido a esperança, pensando: ‘quem vai me descobrir de novo?’. Mas isso é até que Deus diga: ‘Mas em um momento de favor, nada pode detê-lo’ e é isso que vemos em Giviti. Jerusalém está sendo revelada lentamente “, conclui ela.

WILL R. FILHO

https://noticias.gospelmais.com.br/

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

Equipe Viva Mais

Louvores

00:00 - 09:00

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Anunciantes